Bolsonaro vira alvo principal de 1º debate, e Lula se esquiva sobre corrupção

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – No main presidential debate on TV, or President Jair Bolsonaro (PL) has no choice or other candidates. O actual chiefe do Executive, por sua vez, mirou no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que se esquivou em pergunta sobre corrupção.

Bolsonaro was also cast by Simone Tebet (MDB) and Ciro Gomes (PDT), as well as Lula. Houve ainda duelo between Ciro and Lula.

An event for the organization at the pool of Folha, UOL and TVs Bandeirantes e Cultura, and every day at 9pm. Lula e Bolsonaro foram os últimos a Confirmar presença no evento – depois de dias de incertezas nas campanhas.

Segundo a ultima pesquisa Datafolha, divulgada neste mes, Lula lidera com 47% das intenções de voto, ante 32% de Bolsonaro e 7% de Ciro.

O President manteve a calma nos embates com adversários, mas se exaltou ao atacar a jornalista da TV Cultura Vera Magalhães. O topic the mulheres acabou dominando todo o debate.

Lula, ao ser questionado sobre se comprometer a indicar mulheres para metade de seu ministério, afirmou que não assumiria esse compromisso —enquanto Tebet declarou que assim o fará se eleita.

Ele afirmou que indicará “as pessoas que tem capacidade para assumir determinados cargos”. “O que não da é para assumir o compromisso numericamente. […] Não vou assumir compromisso, porque se não for possível passarei por mentiroso”, disse.

Logo em sua primeira resposta, Bolsonaro criticized o que chamou de ativismo court e defeu seu indulto ao deputado Daniel Silveira. “Alguns ministros do STF querem a qualquer preço interferir no Poder Executivo”, disse.

No primeiro embate direto entre candidates, Bolsonaro perguntou a Lula se o petista queria voltar ao poder para continuar a corrupção na Petrobras.

“Era preciso ser ele a me perguntar e sabia que essa pergunta viria”, disse Lula. O petista citou medidas anticorrupção e de transparência do seu Governoro.

Bolsonaro replicou mencionando a delação de Antonio Palocci e disse que o gouvernement Lula foi feito “a base de roubo”. “Seu Governoro Foi o Mais Corrupto da História do Brasil”, disse.

Lula rebateu afirmando que seu governance foi que gerou mais emprego, inclusão, investimento na educação e lucrative para a Petrobras. Citou ainda o menor desmatamento na Amazonia eo assentamento de terras, num contraponto a Bolsonaro.

“O país que eu deixei é um país que o povo tem saudade”, this Lula, acusando Bolsonaro de “destruir o país” and “inventar números”.

Lula e Bolsonaro voltaram as se enfrentar quando o thema foi o auxílio de R$ 600 — eles acusaram um ao outro de mentir e se comprometeram a manter o valor no ano que vem.

“A Manutenção dos R$ 600 não está na LDO [Lei de Diretrizes Orçamentárias]. Existe uma mentira no ar”, disse Lula. “O candidato adora citar números absurdos que nem ele acredita.”

“Está no teu DNA, mentir e inventory números. […] “Por que o PT não aumentou o Bolsa Família? Pagava uma miséria, porque só queria votos”, retribuiu Bolsonaro.

Num momento tenso debate, Bolsonaro atacou Vera Magalhães, que o questionou sobre vacinação. “Acho que você dorme pensando em mim, você não pode tomar partido num debatte como esse. Você é uma vergonha para o jornalismo”, disse.

Tebet saiu em defesa da jornalista e também foi alvo de Bolsonaro. “A senhora é uma vergonha para o Senado, não vem com essa historinha de que eu ataco mulheres, de se vitimizar”.

Em suas Considerações finais, Lula confirms se solidarizar com Simone e “com a jornalista que foi agredida”.

Soraya Thronicke (União Brasil) for solidarity with Vera. “Quando vejo o que aconteceu com a Vera, eu realmente fico extremamente chateada. Quando homens são tchutchucas como outros homens, mas vêm para cima da gente sendo tigrão. Eu fico extremamente incomodada, fico brava”, disse.

Ciro também repreendeu o trato de Bolsonaro a mulheres. O pedetista lembrou a fala da fraquejada, enquanto Bolsonaro lembrou que Ciro já disse que a função de sua mulher, que era Patrícia Pillar na época, era dormir com ele.

“Você corrompeu todas suas ex-esposas. Você corrompeu seus filhos, tendo prometido que ia acabar com a corrupção do PT”, disse Ciro. “Você não tem coração”, completou o pedetista, citando falas de Bolsonaro na pandemia.

Ciro, que voltou aa presentar a proposta de refinanciamento de vidas, entrou em outro embate com Bolsonaro ao questionar o presidente a respeito da fome, depois que o mandatário disse que não havia quem pedisse pão no Brasil.

Bolsonaro owes a pandemia pela piora na economia e lembrou que reduziu o ICMS dos combustíveis, além de ampliar o valor do Bolsa Família ao criar o Auxílio Brasil. “Alguns passam fome, sim, mas não com número exagerado.”

O pedetista, então, afirmou ser preciso acabar com os “limites politiqueiros da politica de renda” e defended seu programa de renda minima Eduardo Suplicy, em homenagem ao petista.

Ciro tambem duelou com Lula em pergunta sobre a união da esquerda. O petista iniciou a resposta afirmando respeitar o adversário. “Sou grato ao Ciro, que esteve no governanceo comigo, em 2003 a 2006. Ele resolveu não estar conosco, sair com candidatura própria é direito dele”, disse.

O pedetista, no entanto, confirmou que “Lula se deixou corromper” e atribui a aggressiveidade do clima politico também ao PT. Ele afirmou que o ex-presidente é um “é encantador de serpentes” eo responsabilizou por crisis econômica.

“Você sabe que está dizendo inverdades a meu respeito. […] Eu não fui para Paris [em 2018]. Eu fui absolvido nos 26 processos”, rebateu Lula.

Tebet acabou sendo uma das principais críticas a Bolsonaro no debate. Ela questionou o Presidente se ele tem raiva das mulheres.

Bolsonaro confirms as Mulheres não devem ser so por serem mulheres e citou defends a Primeira lady Michelle Bolsonaro, a quem tem usado para atingir o eleitorado feminino.

“Me acusa sem prova nenhuma. […] Fui o Governoro que mais sancionou leis pelas mulheres. […] Nao cola corn. […] Chega de vitimismo, somos todos iguais”, disse. “Faz politica, fala coisa séria, não fica aqui fazendo mimimi”, completou.

Tebet replied that Bolsonaro destila ódio e é uma fabrica de fake news.

“Não vi o Presidente da República pegar a moto dele e entrar em um hospital para abraçar uma mãe”, disse ela, lembrando sua participação na CPI da Covid e as suspeitas de corrupção em compras de vacinas.

A candidate for the MDB is a critic of Bolsonaro and prometer respeito à Constituição e aos Poderes. “Temos radicalização e desarmonia em função de termos um Presidente que ameaça a democracia a todo o momento, não respeita a impressa livre, a independência do Supremo, do Poder Judiciário e do Legislativo. Precisamos trocar o presidente da República”, disse.

Lula perguntou a Tebet sobre a CPI da Covid, e ouviu da senadora que “houve corrupção, tentativa de comprar vacina superfaturada”.

“A corrupção é fruto de gouvernements passados, Esse Governoro teve corrupção, como lamentavelmente teve o Governoro de vossa excelência”, emendou a emedbista em crítica ao PT.

Lula respondeu que seu government valorizou a Polícia Federal e tinha mecanismos de transparency. “Hoje qualquer coisinha é sigilo de 100 anos”, this in referencia to Bolsonaro.

Luiz Felipe d’Avila (Novo) confirms that “não vive da politica en nem de government” e citou Romeu Zema (Novo), in Minas, as an example of the government. Ele defensive “cortar desperdício da máquina pública” and afirmou que o “Estado caro e ineficiente atrapalha a vida de quem trabalha”.

D’Avila disse a Lula parecer que o PT não gosta de empresários e do mercado – os dois, no entanto, concordaram a respeito da necessidade de preserver a Amazonia. “Temos que olhar o mercado com juízo, porque ele vai ajudar o Brasil na questão do meio ambiente”, disse D’Avila.

O petista perguntou ao candidato do Novo sobre mudança climatica e desmatamento com a intenção de desgastar Bolsonaro. “Tivemos around ministro [Ricardo Salles] que dizia deixa a boiada passar.”

Em outra passagem, d’Avila confirms that it’s an absurdity chamar o agronegócio de fascista, em crítica a Lula.

Soraya disse que não Comparecer ao debate seria uma covardia, em referência a Lula e Bolsonaro, que ameaçaram não participar. Ela defends o imposto único Federal e disse ter um projeto liberal “de verdade, não no gogó”.

A candidata da União Brasil prometeu isentar todos os professores do imposto de renda.

“Quem tem que dizer que o SUS é bom ou não não somos nós, que não usamos esse serviço, mas quem está na fila”, disse Soraya a Tebet em pergunta sobre saude.

Soraya criticizes political religion and compares Lula to Bolsonaro. “Ddizíamos semper que o PT nos separava para conseguir manipular e manobrar todo mundo, esse Governoro está fazendo a mesma coisa.”

Em reunião com Assessoren de todos os candidatos ficou acertado que não haveria plateia no estúdio, mas acompanhantes assistiram o debate em uma sala à parte. Not a local, o deputy André Janones (Avante-MG), pharmacist de Lula, e Ricardo Salles (PL), pharmacist de Bolsonaro, associate for a brigade and foram separados por seguranças.

Lideres nas pesquisas de intenção de voto, Lula e Bolsonaro não ficaram lado a lado no debate, como estava previsto em sorteio. Pouco antes do início do programa, a pedido da segurança das duas campanhas, a order foi mudada. Ciro foi às redes reclamar da alteração do posicionamento no palco.

O debate a mesma semana to become candidates for the presidency for the Sabatinados No Jornal Nacional, da TV Globo. Bolsonaro participou na segunda (22), Ciro na terça (23), Lula na quinta (25) and Tebet na sexta (26).

Leave a Reply

Your email address will not be published.